Marketing Digital para Arquitetos e Designers de interiores 830x547 - Marketing Digital para Arquitetos, Decoradores e Designers de Interiores

Marketing Digital para Arquitetos, Decoradores e Designers de Interiores

Posted on Posted in Arquitetura, Artigos, Marketing Digital

Para alguém que lida com referências artísticas, estilos, e espaços físicos, pensar em um mundo inteiramente digital e 2D pode até ser bastante abstrato. Mas isso em momento nenhum deveria impedir que os benefícios do marketing digital para arquitetos e designers de interiores sejam ignorados. Afinal, se você busca referências na internet, quem disse que seus clientes também não fazem o mesmo?

Uma das grandes vantagens de investir em estratégias de marketing digital neste setor é que ele cria uma demanda. Ou seja: você não precisa estar ativamente buscando o próximo cliente antes que o projeto atual seja finalizado. Além disso, permite que você mostre o seu trabalho com calma e detalhes, o que dificilmente seria possível nas mídias tradicionais.

Mas antes de você começar a pensar em como colocar em pé uma estratégia de marketing digital para arquitetos e designers de interiores aqui vai a boa notícia: ela deve ser altamente voltada para imagens e criação de sensações nos usuários. Exatamente o que você faz diariamente, certo?

Marketing digital: Otimização para arquitetos e designers de interiores

1 – Site

No mundo digital, o seu site é como um cartão de visitas acoplado a uma pasta de portfólio. É onde seus prospects vão em busca de referências dos seus trabalhos, cases de sucesso e entendem qual é o seu estilo e se ele se encaixa nas vontades deles.

Por isso, alguns quesitos não podem faltar no seu site:

– Contato completo (endereço, telefone, e-mail, CTA para orçamento)
– Portfólio (dê uma atenção mais que especial para essa página, separando os projetos por categorias e investindo em fotos realmente boas)
– Acesso fácil às contas nas redes sociais
– Blog
– Página de serviços oferecidos
– Perfil (conte um pouco sobre você, suas especializações, o que te move na arquitetura ou design de interiores e qual é a sua área de maior atuação)

Além de mostrar as várias facetas do seu escritório, o site também é uma excelente maneira de aumentar a sua autoridade de marca e a capacidade de encontrar clientes via busca orgânica. Para isso, é essencial que cada página dele seja pensada em termos de SEO e responsividade.

2 – Geração de conteúdo

A geração de conteúdo é interessante para arquitetos e designers de interiores por três motivos: faz com que o seu escritório se mostre como uma autoridade no mercado, auxilia na melhora do SEO do seu site e é um subsídio importante para a geração de leads.

Aqui vale ressaltar que o seu conteúdo não precisa necessariamente estar em forma de blog. No entanto, a recorrência de um post de blog tem a capacidade de melhorar o SEO do site de forma mais completa e ainda responder a mais dúvidas da persona da sua empresa – isso sem a necessidade de um esforço tão grande quanto para a redação de um e-book ou a construção de uma planilha, por exemplo.

Já em relação à geração de leads, os conteúdos como e-books, infográficos, planilha e vídeos são excelentes opções porque têm alto poder de engajamento.

Algumas sugestões de conteúdo são:

– Planilha de gastos para obras/reformas de um cômodo
– E-book com dicas de decoração e os erros mais comuns
– Post com referências para a decoração de um cômodo (Ex. XX jeitos de utilizar móveis planejados na sua cozinha; Objetos de decoração que fazem a diferença na hora de deixar uma casa aconchegante; XX soluções para apartamentos pequenos)
– Infográfico ou post de dicas simples e baratas de decoração
– Qual a diferença entre o trabalho de um arquiteto e de um designer de interiores. Quando é recomendado escolher cada um
– Cuidados a se tomar na decoração de uma casa de praia/campo
– Babyproofing uma casa
– Plantas baixas simples de quartos ou banheiros

As opções são infinitas. Tudo depende da persona desejada para a sua empresa. A grande dica é investir em fotos para ilustrar seu posts.

3 – Redes sociais

As redes sociais serão as melhores amigas da estratégia de marketing digital para arquitetos e designers de interiores. Especialmente aquelas pautadas em imagens como Instagram, Pinterest e YouTube e o já onipresente Facebook.

Instagram: decoração é o segundo assunto que mais gera engajamento no Instagram, segundo a Iconosquare.com. E você como arquiteto ou decorador pode tirar grande proveito disso. Imagens de cases de sucesso seu, prévias de reformas, dicas simples de decoração, cuidados interessantes para a casa e vídeos rápidos são excelentes formas de conteúdo. Dê uma olhada no perfil do Jonathan Adler e da Luisa Grillo para inspirações.

YouTube: ter um canal no YouTube exige uma pequena desenvoltura ou algum conhecimento de edição, mas é capaz de engajar clientes. Uma opção interessante é fazer vídeos de transformação no estilo “antes e depois” e mostrar as ideias por trás dele. Os aplicativos PicFrame e o Timelapse podem ajudar a montar esses vídeos. Outra é fazer vídeos simples de “Faça você mesmo” ou de dicas de decoração.

Pinterest: essa rede age como um interessante banco de referências, tanto para uso profissional quanto para engajar clientes. Criar categorias e acrescentar ideias de decoração, boas soluções de arquitetura ou até referências de cores, texturas e estilos são excelentes para mostrar aos clientes que você sabe o que está acontecendo no mercado e que está sempre em busca de novidades. Veja um exemplo aqui.

Facebook: a rede criada por Mark Zuckerberg é essencial em uma estratégia de marketing digital. E por uma ideia muito simples: ela é utilizada por mais de 90 milhões de brasileiros, permite campanhas com incríveis detalhes de segmentação e é um ótimo canal de distribuição e divulgação do conteúdo que você produz em outras plataformas. Nessa rede, a recomendação também é incentivar os clientes a deixar boas recomendações em sua fanpage e se engajar em uma comunicação com eles através de mensagens privadas e comentários.

4 – Relações públicas/ Assessoria de imprensa

RP não é uma ação propriamente digital, mas pode trazer excelentes repercussões nessa esfera. Contratar um profissional de RP ou de assessoria de imprensa significa abrir as possibilidades de ser enquadrado em matérias positivas na mídia (que querendo ou não ainda é fundamental no processo de criação de autoridade), além de convites para participação em eventos e seminários.

5 – E-mail marketing

Você pode até achar que ele morreu ou é desnecessário em um tipo de negócio que já possui uma demanda. Mas engana-se. O e-mail marketing tem duas funções principais em uma estratégia de marketing digital para arquitetos e designers de interiores:

– Relacionamento: isso também é sinônimo de engajamento. Ter uma boa relação com seus clientes e leads é um passo a mais no caminho de conquistar indicações para futuros trabalhos, aumentar a sua autoridade de marca e ainda ser lembrado sempre que houver uma nova possibilidade de contrato. Para isso, encaminhe votos de felicitações por aniversário, dicas simples e exclusivas de decoração e arquitetura, referências interessantes para projetos diversos e uma newsletter com conteúdos que foram publicados no último mês ou bimestre no blog da sua empresa.

– Nutrição de leads: muitas pessoas que entram em contato com a sua empresa não necessariamente sabem ou sentem que precisam contratar um profissional para auxiliá-los em seus escritórios ou em casa. Isso porque ainda estão em uma fase de aprendizado, onde buscam referências para pequenos projetos que desejam realizar sozinhos. No entanto, mostrando as possibilidades (e as dificuldades em fazê-las sozinhas) é uma ferramenta de trazer o lead mais próximo da decisão de contratar um escritório para resolver o seu problema.

6 – Concursos e parceiras

Você já assistiu a programas como Decora, Mais cor por favor ou The Neighbours Swap? A ideia é simples: você encaminha um vídeo dizendo porque você precisa de ajuda para reformar/redecorar a sua sala/cozinha/banheiro/jardim. A cada novo episódio, uma pessoa é escolhida e recebe a reforma dos sonhos.

Utilizar o mesmo formato e fazer algo similar no seu escritório uma vez ao ano pode ser interessante. Oferecer um projeto de decoração através de um concurso é uma fórmula interessante e que causa bastante engajamento com o público. Documente toda a mudança em vídeos e fotos e utilize-a também como material para ações de marketing futuras.

Parcerias com lojas de móveis e materiais de construção, assim como exposições, são importantes para a concretização dessa ideia e a redução de custos.

 

Deixe uma resposta